Ajuda para a Escolinha de Atletismo do Povoado do Flamengo, na Bahia

27/04/2014 10:00

Nossos atletas masters Janderson Tietz e Antonio Santana estão colaborando com este lindo projeto, então seria muito legal se durante o campeobnato brasileiros eles pudessem receber material a ser distribuido nesta escolinha. Colaborem com este projeto e coloquem na sua mala para João Pessoa material que possa ser utilizado. Segue abaixo relato do atleta Janderson.

Lá no Povoado do Flamengo em Jaguarari na Bahia, a Escolinha de Atletismo atende a 70 crianças/adolescentes de 4 a 17 anos, onde há carência de tudo, principalmente calçados, a maioria das crianças treinam descalças, a numeração varia de 30 a 44. Estamos aceitando doações de tênis, calções, camisetas e materiais esportivos diversos relacionados com o atletismo, modalidade que tomou conta do povoado.

Em maio nosso amigo Antonio Santana de Ribeirão Preto/SP, irá de carro para João Pessoa/PB, passando por Jaguarari levando as doações arrecadadas em São Paulo, e na volta levará as doações entregues no Campeonato Brasileiro pelos demais atletas.

Estarei presente em João Pessoa, para organizar o recebimento das doações e auxiliar na entrega para a Escolinha de Atletismo Flamengo.

Nós atletas master, podemos e devemos ajudar a fortalecer a base do atletismo, pois as crianças de hoje serão os atletas do amanha. Sabemos e bem das dificuldades de se praticar o atletismo no Brasil, mas não podemos ficar parados só reclamando, vamos arregaçar as mangas e dar nossa contribuição.

Sou meio suspeito a falar, pois estou contaminado com a vontade de colaborar com a Escolinha de Atletismo, e em julho estarei juntamente com minha esposa, em Jaguarari, onde permaneceremos 8 dias, com a missão de construir uma área para saltos e outra para arremesso e lançamentos, além de ministrar palestras para o Povoado e para os atletas, tudo isso visando levar um pouco mais de esperança para esse povo sofrido do Sertão Nordestino, onde o Poder Público insiste em esquecê-los. Estou fazendo a minha parte e estou me sentindo muito bem recompensado, pois um sorriso, um abraço, não tem preço que pague, e traz uma energia positiva muito grande.

Conto com a colaboração de todos os amigos e atletas.

Um Grande Abraço.

Janderson Tietz