Antes de viajar, veja se precisa renovar a carteira de identidade

18/06/2014 17:22

É possível entrar em alguns países da América do Sul sem passaporte, apenas com a carteira de identidade. Mas o documento deve ter menos de 10 anos de expedição, ou seja, RGs emitidos antes de 2003 não são válidos para entrar na Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela.

 

VIAGEM À COLOMBIA

Para sua garantia providencie o Passaporte e a Vacina da Febre Amarela
  

Documentos necessários para a viagem: Assim como ocorre em todos os países da América do Sul, não é preciso passaporte para entrar na Colômbia, apenas RG recente (menos de 10 anos).

Mas atenção, se for à Colômbia pela Copa será necessário levar passaporte já que todos os voos da Copa fazem conexão no Panamá (que já é América Central). E mesmo você não saindo do aeroporto, não poderá nem embarcar sem o passaporte.

Os estrangeiros dos países que não têm restrição para ingressar a Colômbia, se vêm unicamente de turismo, podem permanecer no país até por 90 dias, contados a partir da data da entrada que se indica no carimbo de imigração colocado no passaporte pelo servidor público do posto de entrada.

Aqueles que desejem vir ao país por motivos de trabalho ou estudo, devem solicitar visto ou permissão que se tramita ante os consulados da Colômbia credenciados no exterior. Os vistos podem ser temporários ou de residente. Os primeiros se outorgam a pessoas que ingressam sem o ânimo de estabelecer-se de maneira definitiva no país, o segundo tipo de visto se concede a quem pretendem fazê-lo de maneira definitiva.

Antes de viajar se recomenda consultar com o agente consular ou diplomático mais próximo, os trâmites e requisitos exigidos pelas leis Colombianas em cada caso.

Outros documentos que vale a pena ter durante as viagens são:

  • Carteira de estudante
  • Licença internacional para dirigir
  • Certificados de vacina
  • Seguro de viagens ou de assistência médica
  • Fotografias recentes tamanho passaporte
  • Xerox do passaporte, cartões de crédito, seguros e outros.

 

O imposto de saída da Colômbia tem o valor de US $66, aplicável a todas as saídas internacionais, para os cidadãos Colombianos e estrangeiros que permaneceram no território da Colômbia por mais de 2 meses. Em caso de uma estadía menor que que dois meses, o valor do imposto de saída para os estrangeiros é de 33 USD. Algumas linhas aéreas, como Air France, American Airlines e Avianca, dependendo da rota na qual operam, incluem este imposto no preço do tiquete aéreo.

O imposto de saída se deve pagar à saída do país no aeroporto em efetivo e numa só moeda (pesos Colombianos ou dólares, excluindo os bilhetes de US $100).

Saúde

Indisposições mais frequentes: mal de altura, problemas estomacais, malária e febre amarela em algumas zonas de selva, dengue.

Vacinas

Para viajar a certas regiões do país se exige ter sido vacinado contra a febre amarela pelo menos 15 dias antes. Se você planeja visitar regiões selváticas ou parques naturais, recomenda-se, além da vacina contra a febre amarela, contar com a vacina antitetânica.

Precauções sanitárias e serviços de saúde

Ainda que as cidades capitais contem com excelentes serviços de aqueduto, sugere-se abster-se de consumir água das torneiras. É preferível tomá-la engarrafada.